quinta-feira, março 12, 2009

These Scandinavian Bastards

Foi uma pequena incursão que se veio a revelar uma grandiosa viagem.
Começou, há muitos, muitos anos atrás, com os Sugar Cubes porque os dEUS tinham retirado o nome de uma das faixas desse vinil que, lá em casa, ainda hoje poisa, de quando em vez, no anti-estática da Ninja Tunes, orgulho do prato do dIAZ.
A voz da Björk passou, pouco depois, a pairar sobre outras sonoridades... e era algo diferente. Pop, mas uma pop corajosa. Acicatou o dIAZ. E aí vai ele. Múm, Sigur Rós e... impossível negá-lo, o óbvio distanciamento do resto, fora da Islândia, portanto.
O Heima, dos Sigur, provava-o, embora veladamente. O Handan við sjóinn (Beyond the Sea) veio tirar quaisquer dúvidas que restassem.
Há, pois, algo para além dos seis meses de penumbra e desse renascimento que são os outros seis sem que o sol caia para além do horizonte.
Há muito nesse isolamento de um imenso território que, invariavelmente, acaba num mar que é, a maior parte do ano, furioso.
Há génio criativo, goste-se ou não, nesse gelado país, de onde foram banidas as árvores e onde os vulcões ainda dominam, activos, por entre extensões de gelo, como que provando que os extremos podem amar-se, num acasalamento feroz entre as forças da natureza, onde o homem pouco pode.
Na minha opinião, a coisa extende-se um pouco até à península da Escandinávia e tem, nos últimos dez anos, trazido à luz do dia algumas pérolas que fizeram apagar da memória os ABBA, os Roxette, os Europe e por aí...
The Cardigans, Peter Bjorn & John, Lykke Li, Jay Jay Johanson, I'm from Barcelona,
El Perro Del Mar e tantos, tantos outros, mesmo que não passemos para o lado da electrónica ou música de dança. Aí, não haveria espaço!
E, nessa busca, que ainda perdura, tropeça-se sempre em algo, no mínimo, surpreendente, admirável, enfim, magnífico.

6 comentários:

1entre1000's disse...

o mundo da música como todos é uma cueca!
Este senhor já participou com os I'm from Barcelona... logo teria que ser interessante... os Bons por norma entrecruzam-se de uma forma ou de outra...

El Mariachi disse...

yaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhh.....
..... e os maus também!

mas não têm aqui lugar!

Master Of The Wind disse...

Roxette..."Oceano Pacifico" ;-)

Anónimo disse...

Tenho o vinil dos Europe para a troca, alguém tem o "Woody Woodpecker from home"? Ou o vinil do Eu tenho dois amores, aquele único exe,plar 45 rotações, verde alface! Ah, esta preciosidade eu tenho, não é para qualquer um, rói-te Diaz!!!!!!
Freaky

Master Of The Wind disse...

Vinil, tenho apenas um do D'Artacao, que recebi uma vez nos meus anos. Serve Diaz?

ex adolescente com fraco gosto musical disse...

descobri a minha colecção de vinil ontem.
5 de Iron Maiden e 1 dos Queen.
onde é que tinha a cabeça?