quarta-feira, setembro 19, 2007

Ich Liebe Ostereich

Ontem, enquanto ia de bicicleta de Bratislava a Viena, dei comigo a pensar, algures na recta de 25 quilometros por dentro de um Parque Natural onde milhares de morcegos faziam um festim com milhoes de libelinhas: "Sera que alguem anda a ir ao meu blogue"?. Pouco depois, Master G gritou: "Se passas por cima da cobra, parto-te a boca toda", e deixei-me de merdas!

Agora, no Danubio, algures entre Krems e Melk, vim so aqui deixar isto e vou ali fumar uma janganha, enquanto olho para as vinhas, talvez estrear o meu conjunto novo de Caran d Ache aguarelaveis, e nem sequer me vou preocupar em saber se vossas excelencias andam por ai!

Meto nojo, enfim!

quinta-feira, setembro 13, 2007

O Dalai Lama cobra €125 por 3 dias de Ensinamentos Budistas...

A FNAC cobra €14 por um cd da Ana Carolina. Se for em dupla com o Seu Jorge, sai à borla, a fufona!
É por isso que...

Eu pego meu violão de guerra
Para responder a essa sugeira
E para começo de caminho
Quero a Unimultiplicidade
Onde cada homem é sozinho
A casa da Humanidade


Hé Pá, ó Dalai...

...desculpa lá!

Mais Um Grande Momento de CINEMA

Brick Top olha, por trás dos seus óculos de fundo de garrafa, para todos os que tentavam carregar um corpo para fora da sala. Sentado na poltrona, ignora os sucessivos "Who the fuck are you?" e prefere aconselhar a divisão do cadáver em seis bocados que deverão constituir refeição a uns quantos bacorinhos. Por fim, acede:

Do you know what Nemesis means? A righteous infliction of retribution manifested by an appropriate agent. Personified in this case by a horrible cunt... me!


quarta-feira, setembro 12, 2007

Viagens na Minha Terra ou O Antropólogo dIAZ Goes Dirty

Estes acontecimentos têm lugar entre as 12h32 e as 12h33m21s


Nandufe, Concelho de Santa Comba Dão, Distrito de Viseu, 12h32
Jack Mariachi Bower dIAZ está de barriga encostada ao balcão do Café Saudade, mão no copo de branco seco, olhos na tília que, lá fora, concede sombra ao único banco público da aldeia. Só esse altivo e centenário espécimen arborícola chega para perfumar toda a Nandufe. Aqui dentro, este pastor a meu lado chega para impregnar de borregum toda a sala de jantar, casa de banho, cozinha e até a N.ª Senhora de Fátima fluorescente que repousa em cima da ITT Ideal Color. Olha para o ecrã da TV balançando-se sobre um eixo imaginário. Alguém entrevista a Soraia Chaves. Exclama: "O que eu te shurraiaba eshe langústo cua língua". Para fazer conversa, pergunto: "minete?", e obtenho um: "Isho debe sher lá em Lisboa que she fájísho duj minêtj. Agente aqui fajmajé conêtj e lembêtj".

Bairro dos Peões, Talaíde, Concelho de Oeiras, a caminho da Vivenda Ricardo José ou Restaurante O Fundador, para amigos dos amigos, 12h32.
Já sonho com Márcio, esse anafado empregado de mesa, a braços com sardinhas, saladas, batatas, pão e vinho, sempre a perguntar: "brrrggggggggdddddddddd?", que quer exactamente dizer "Então, está tudo bom?". Neste estranho Cu de Judas, onde este nem se dignaria a perder as botas, deparo-me com um muro onde alguém deu largas a toda a sua veia poética, numa frase que traduz toda a alma do Português, toda a candura de um carinho: "Cátia Rosa dá a Cona e o Cu". Parte-se do princípio que Cátia Rosa mora aqui, neste fim de chão. E que, por alguma razão, aborreceu alguém. Mais abaixo, outro muro a servir de tela. Desta feita "Cátia Rosa é Puta da Cona". Vá lá! A integridade física está primeiro. Dá as duas coisas mas quando calha a ser puta há entraves. Parecendo que não, no cu dói. Ou é o que dizem as que não estão, por alguma razão, inclinadas a ser putas do cu.

terça-feira, setembro 11, 2007

Revival (é o que dá andar a limpar o pó aos vinis)

It was the dirty end of winter
Along the loom of the land
When I walked with sweet Sally
Hand upon hand

And the wind it bit bitter
For a boy of no means
With no shoes on his feet
And a knife in his jeans

Along the loom of the land
The mission bells peeled
From the tower at Saint Mary's
Down to reprobate fields

And I saw that the world
Was all blessed and bright
And Sally breathed softly
In the majestic night

O baby please don't cry
And try to keep
Your little hand upon my shoulder
Now go to sleep

"Loom of the Land", Nicolau Caverna e as Sementes Mali'nas, álbum "O Bom Filho"

segunda-feira, setembro 10, 2007

quinta-feira, setembro 06, 2007

Diário de Um Pároco de Aldeia

O Pastor, o seu Rebanho e todos os termos que daí resultam (atestando o outrora tão presente espírito ironizante do Velho Tuga que, a existir ainda, só nos Açores), nasceram no tempo em que o Clero era o principal responsável pelo moldar (toldar) de consciências e fabrico daquilo que terá sido o antecedente da Opinião Pública. A Burguesia e alguma Nobreza constituiriam, porventura, as raras excepções. O povo, a própria realeza e seus mais chegados, contudo, eram, com os Jesuítas e Dominicanos... unha-com-carne.
Espíritos mais iluminados terão, então, dado origem a conceitos como Ovelha Negra, Ovelha Ranhosa, Ovelha Tresmalhada e outros exemplos definindo quem, ao contrário da restante Carneirada, se recusava a papar tudo o que lhes davam sem antes ver se tinha espinha!
A Queda da Civilização Ocidental, lenta mas visível, dá-se a partir do momento em que o Catolicismo deixa de ser Cristianismo. Ou seja, quando o Velho Testamento, a Tora Judaica, com um Deus a quem se deve temer, passa a ter mais protagonismo que Aquele que ensina a amar indiscriminadamente, a dar a outra face, a comer Maria de Madalena à canzana porque também isso é amor e se o outro experimentasse "Via que Era Bom".
Hoje há a TV, jornais, revistas e internet. As pastagens mudaram de mãos e a arte da pastorícia entregue a outros. Opinion Makers, ousaram chamar-lhes. O rebanho, contudo, é constituído pelos mesmo borregos. Naquele tempo, o povinho não era diferente do de hoje. Ia à Igreja e pensava saír dali com tudo o que precisava saber. Hoje, a borregagem abre jornais, revistas, liga a TV e pensa saber o que precisa. O que Pacheco Pereira, Vasco Graça Moura, José Manuel Fernandes e demais confraters (sim, confraters, ouviram bem, façam uma busca no Google e juntem "+ Bilderberg Meetings"), dizem.
Tal como há 500 anos atrás, ganham o que 95% do povo nunca achará ser possível, para escrever, com uma falta de informação atroz (os trangénitos são apenas um mero exemplo), meia dúzia de linhas que 5 milhões de borregos vão ler e espalhar aos restantes 5.
E estes senhores são apenas os Três Primeiros Círculos do Inferno, ó Dante!

quarta-feira, setembro 05, 2007

O Tesourinho Deprimente que Faltava ou O Gato Fedorento Está de Férias...

Era capaz de me infiltrar num chat de gays só para marcar um encontro com este FDP e, ainda antes de abrir a garrafinha de chardonnay, esfregar-lhe esta merda na tromba!
Eu contento-me com um BSE fresquinho e uma barriguita de carapau de engodo!
Quão verme espongiforme e metamorfoseante pode um gajo ser, pá???

O Seu Conselheiro Musical Adverte... (Tomo II)

E para os que acham que as Cansei de Ser Sexy são a Next Big Fuckin' Thing, vamos lá a variar!
O Verão já acabou e essa merda de andar tudo com as CSS foi a mesma coisa que em anos anteriores os Bob Sinclaires e os Henriques Iglesias e os El Venao El Venao, ou lá o que era aquilo! E se ainda houvesse o Hit Parade ou o Top Genius, estavam lá, chapadinhas!
Para não doer e não sair muito do registo, basta ir aqui. Mais do mesmo mas com uma pitadinha de sal. Em São Paulo anda tudo numa de sushi e não puxa carroça!

terça-feira, setembro 04, 2007

O Seu Conselheiro Musical Adverte...

Como em Roma sê romano, pensarão V/ Exas que a minha estadia em Belgrado se resumiu a folk kusturicano. Pf!
À mesa (Cerapi Sa Lukom, Kaimak e Proja a montes) com um produtor de música (que trabalhou 6 anos em Portugal e, mediante palavras do próprio, "não dá, porque só os estrangeiros ouvem música tuga boa e só os portugueses no estrangeiro ouvem música tuga má") e um realizador de cinema, decidi perguntar o que me aconselhariam ambos, se juntassem o melhor das profissões de cada. Depois da troca de palavras em sérvio, que decididamente continha, lá no meio, "maizá merda com este palhaço que vem estragar esta buba de rakia e skunk da boa com perguntas difíceis", mandaram-me clicar aqui.
Eu é que depois ainda fui clicar aqui e ver aqui!
Nemavesi, pá!

Pensamento do Dia, Tipo Aqueles PPS's que Continuamos a Receber Porque as Pessoas não se Mancam...

Jovem...
Enquanto não aceitares o que já foste, lá porque agora já (pensas que) és isto e aquilo, nunca o poderás ser. Persistirá, de forma óbvia para os outros (precisamente a quem queres demonstrar o contrário), esse cordão umbilical que não te permite deixar de ser o que, afinal, ainda és. E que tanto te envergonha.

segunda-feira, setembro 03, 2007

Aprender é uma Arte!

Não percebo!
Uma pessoa está cinco minutos entretido a ver algumas das variadíssimas formas de usar aquilo com que dEUS N.º Sr. Jesus Christo nos armou, chega o patrão e larga um inconveniente "Você tá despedido"!
Em casa, às tantas da manhã, quando já esgotámos todos os loops do Garage Band e suas aplicações, damos mais uma voltinha para ver se há updates do blow anal clit pump dildo, aparece a nossa cara-metade e exclama, já a chorar: "Ai ele é isso? Põe-te mazé já fora de casa"!
As pessoas, em geral, não interpretam lá muito bem o facto de um gajo ver sites porno. O youporn.com em particular. Porque tem gente como nós que decide partilhar os seus petit moments de que se possam orgulhar perante uma audiência de milhões de internautas. Os tristes sem feitos sexuais dignos de nota quanto mais louvor, escrevem merdas destas em blogues de merda destes. Os mais tristes ainda, com uma vida sexual de chorar por puro desgosto, exclamam: "era mesmo eu que me filmava e espalhava pela net"!
Não ver sites porno é deixar definhar a vida sexual. O resultado está à vista. Mostra-se a uma gaja qualquer um mpeg da Sintherya e os seus fabulosos squirts de 3 metros e é logo disparado um "ka ganda tanga". As mais inteligentes (ou interessadas), porém, chegam a casa e ordenam "enfia-me lá dois dedos e pressiona-me, de forma ritmada, estas rugosidades a 3 cm da vulva, na parte de cima, que é como quem diz por trás da púbis", para desfazer dúvidas.
O youporn é uma fonte de conhecimento. Eu, que nem com a maior das teorias lá vou, por via da onda muito pouco dadivosa com que o Outro estava quando me gerou e, logo, parco em atributos físicos que sou... aprendi alemão.
Não aquelas tristezas do wie ist Ihr name? (Como te chamas?) ou tun Sie Sie sprechen Deutsch? (Falas alemão?), mas sim coisas realmente importantes e necessárias como heimlich beim ficken gefilmt (queca filmada por câmara oculta), Blasen und Sperma lutschen (mama e engole) ou simplesmente fernbedienung ganz in der muschi (telecomando todo lá dentro da cenisga).
E toda a gente sabe que, na Alemanha, elas não estão cá pra "Atão, ó fofa... diz-me lá como é que te chamas e de onde é que és"...