segunda-feira, março 30, 2009

O Desastre!

Comprei a Playboy para ter o n.º 1 da edição portuguesa desse objecto de culto global. Como quem fica com a primeira garrafa de Coca Cola vendida em território nacional (1979), ou o último Independente ou A Capital. São marcos.
E estou longe de ser gajo para desculpar-me com as grandes entrevistas ou artigos de fundo que, de facto, sempre teve. Cresci com a Playboy brasileira por baixo da cama.
E cedo aprendi que as grandes celebridades (do tempo em que também eu via novelas) como a Betty Faria ou a Bruna Lombardi eram, afinal, mulheres como as outras todas. Isso ajudou-me para a vida. Mas também me ajudaram as tais grandes entrevistas, na edição americana, a aprender inglês, por exemplo. E a revista, em si, a criar gosto pelo objecto Revista. Aquela que não se deita fora. Uma outra literatura. Razão pela qual é nisso que trabalho. Na pior altura, claro, mas com gosto. E amor. Sei, portanto, do que falo daqui em diante.

Esqueçam o assunto que está sobre a mesa: A Mónica Sofia é ou não digna de ser Playmate? Quaisquer opiniões serão regidas por gostos pessoais. E o(s) problema(s) com a Playboy portuguesa NÃO É ESSE!!!!

Ponto 1 - A Arte Gráfica da coisa JÁ ESTÁ FEITA. É a da Playboy, ponto. Não há lugar para grandes invenções. O que deixa claro que SERIA impossível ESTRAGAR algo que já existe. Os letterings nos títulos, por exemplo, são desastrosos e o seu efeito roça o ridículo! Há planos, como sejam o do Chocolate e o da Viagem, que são comparáveis a um qualquer produto da Impala, o que já não será bom, mas dos anos 80, que é pior.

Ponto 2 - A revisão é tão INEXISTENTE como o provará a minha desistência, à contabilização "redonda" de 26 palavras partidas de uma linha para a outra entre "l" e "h" ou "n" e "h".

Ponto 3 - Ana Anes, que é minha amiga, e Nuno Markl, que não conheço de lado nenhum, têm o dever, como cronistas, de exigir respeito pelo seu trabalho, o que nos leva ao ponto seguinte...

Ponto 4 - Conheço um sem número de pessoas no meio, de profissionalismo, qualidades e zelo inquestionáveis, que mandaram currículos. Como já vai sendo costume, nem um auto-reply a dizer Vai dar banho ao cão, que isto é para filhos, os enteados que se foxtrotem. O resultado está à vista!

Ponto 5 - Não se pense que eu me dou valor que permita a alguém achar que o acima é de ter em conta. Acho, porém, que quem trabalha na Playboy portuguesa (e estou a falar de quem toma as decisões), se tem em grande conta.

Mas num país onde qualquer administrador dava um dono de fábrica de sapatos de Guimarães qualquer, onde qualquer director de qualquer coisa dava um employee of the month de um qualquer Burguer King... as coisas são por demais óbvias!!! E perfeitamente desanimadoras.

A Playboy tuga, meus caros, é sintomática.

E não é NADA mais!

9 comentários:

rosa (1.73m) disse...

ó mariáchi, não gasto os meus cêntimos nessa revista. aliás, não gasto centimos à toa. tou-me a borrifar para os direitos de autor. ah poisé, mesmo à ganancia, faço downloads ilegais. faço e nao me chateio nada com isso. mas a questao nem é só essa, adiante.
essa coisa da tal revista não é novidade nenhuma, somos um pais de gente pequenina, pirosa, subserviente, imbecil, sem créditos nem esforço. tugas mal amanhados, sem qq gota de aspiração, ética ou mesmo ganas pela vida.

estar cá mas fazer alguma coisa decente. grande.

houve tempos. não estes.

(viste o Milk, concerteza.)

BlueAngel disse...

epá quando falaste na Impala até me arrepiei. mas é isso tudo. posso citar-te??? (a diferença é que n cresci com a playboy debaixo da cama :-) )

El Mariachi disse...

Ó Rosa versão 2.ª Feira de Revolta: Caaaalllmmmmaaaaaa.... façamos NÓS por isto... ou por nós e quem quiser que nos agarre! Daí aquela máxima do Almada, da "Pátria que nos mereça"!!!

Ó BlueAngel... e que dormisses... que aqui ninguém condena ninguém por coisas dessas. Nem minimamente parecidas. Logo, é favor citar o dIAZ!

1entre1000's disse...

rosa: olha bolo de chocolate tipo mousse!
queres no prato com talher? ou comes no guardanapo mesmo?!?!?!
Vá respira... e manteiga de karité? uma delicia deixa a pele... Olalarilas... categoria...
Senhor das letras, como é traz toalha ou vou ter que forrar com as páginas desta revista aqui assim?!?!!??!

El Mariachi disse...

Levo toalha e uma quiche de cogumelos da Mata dos Medos com bacon da Urjariça e ovos da Sobreda de Caparica!

rosa sem pachorra disse...

eu sou lá gaija de comer bolinhos de chocolate e quiches!??!!?!?!?!


pffffff.


(ainda tou para perceber, pq é que há gente que se ofende com o "gaija". haja pachorra.)

1entre1000's disse...

rosa amoreeee......... tas naqueles dias do mês?

rosa disse...

naummm-eee.

aliás, ó pra mim toda contentinha.

:D

(é só mm mau feitio. e papilas gustativas muito apuradas.)

Zorze disse...

As mamas da Monica Sofia são naturais?