segunda-feira, março 24, 2008

ódespois não digam...

Chegaram aos ouvidos dos portugueses pela mão de António Sérgio (quem mais?), há cerca de um mês e tal.
A Mojo e a Wire e a Uncut já os tinham referido nos seus January issues...
Nessa altura, entusiasmado, fiz o DOWNLOAD ILEGAL e tirei as minhas conclusões.
E como estou um bocado farto do "ah e tal lá tás tu só porque tens a mania que és diferente, já não gostas", apresento-as abaixo:
Fact: Os Vampire Weekend vão ser a Next Big Thing.
Mariachi says: Vão ser ouvidos e passados nas rádios e festinhas de Sábado à noite até à exaustão.
Fact: São os novos Franz Ferdinand/The Gossip/Editors/Block Party em termos de fenómeno.
Mariachi says: Toda a gente vai amar e partilhar os discos e ver os concertos com um entusiasmo juvenil (e, para nosso júbilo, com umas leggins e mini-saias igualmente pueris).
Fact: São os novos Arctic Monkeys.
Mariachi says: São uma relativa lufada de ar fresco mas, ao contrário daqueles, o som não é novidade. É uma reinterpretação de skas e afros e outras coisas só que os putos são novos e vêm de Brooklyn, o que, geralmente, dá celeuma.
Fact: São engraçados mas, como já vem sendo costume nestas movimentações de massas, inóquos.
Mariachi says: aqui, nada a acrescentar a mim próprio. Ou talvez: "Pensando bem, tenho pena que tudo isto assim seja. Talvez lá no fundo, bem fundo, os Vampire Weekend merecessem mais que apenas a gloria transict...

1 comentário:

Zorze disse...

"(...) e, para nosso júbilo, com umas leggins e mini-saias igualmente pueris), são estes pormenores que te tornam num extraordinário blogger, amigo!