sexta-feira, janeiro 16, 2009

No Dia em que a Terra Parou...

... Ergui o dedo no ar e, colérico, gritei, em barítono roufenho
Não voltas a riscar o sofá!...
... para ver, logo de seguida, dois pequenos cantos de boca apontarem os extremos para baixo, dois enormes olhos inundarem, um pequeno pescoço vergado ao peso da cabeça, como se de repente sem vigor, e dois bracinhos pendentes, num choro em surdina, o pior de todos! Uma mágoa, das profundas, a corroer-lhe o habitual rubor das faces. Ver o meu filho sofrer às minhas mãos, Cão que me sinto!
E sinto também o nó de estômago de quem exerce autoridade sem ter a mínima vocação para isso, de quem educa sem a convicção de que será capaz, por não se achar digno.
Porque estes pequenos poetas à solta não podem, nunca, ser agrilhoados pelas convenções sociais de quem sabe, muito bem, que o sofá continuará a servir os seus propósitos, apesar de riscado. Só deixará de ser, esteticamente, agradável. Ainda por cima, aos nossos olhos. Porque aos olhos deles, muito mais bonitos, por sinal, está ali o reflexo de um dos seus primeiros ímpetos criadores. Esses que são tão antigos como a humanidade.
Ser adulto é estupidamente escravizante.
E, logo, esclavagista!

8 comentários:

Anónimo disse...

Pinta-lhe o quarto com aquelas tintas especiais ou ,como eu fiz, forra-lhe o quarto com papel de cenário. Compra boiões de tintas para mãos e..deixa-o ser.

No fundo é disso que se trata, deixá-lo ser ;)

Fiz isso no meu quarto para os miúdos mais pequenos na minha família poderem deixar marca no espacinho da Maria. Admito que também foi para mim e para os mais graúdos, de corpo, porque de mente não me dou com gente grande! CHATOS! e, assim, ganhei cor e poemas e pensamentos e desenhos..deles, para mim!

Pode ser que o teu desenhe para ti, no espaço dele..e tu..sorrias :D..progenitor babado de artista em crescimento ;)

Mary-da-gruta-Reis

rosa disse...

http://www.coloring-book.info/coloring/

El Mariachi disse...

Rosa...

...és tão grande!

Nem sabes o FDS que me deste!

Anónimo disse...

Amigo, a ideia da Rosa é muito boa, mas a da Mary-das-grutas é genial. Um casal meu amigo fez o mesmo no quarto dos filhos e resultou! Dá-lhe uma parede e assim ele tem noção dos limites, sabe que só ali pode dar asas à sua imaginação. Eles têm que ter noção do certo e do errado, afinal são amorais! Senão "fia-te na virgem e não corras" (ui) e aos 18 dá-te uns porradões LOL!
Freaky

rosa disse...

:)

o site é muito bom, mas pessoalmente, tb gostei mais da ideia da mary. dar asas à liberdade criativa, é de pequenino é que se torçe o pepino(??!).

eu gosto de tintas, cores, pincéis, lápis, aguarelas, essa coisada toda. e papel do bom. ou entao uma enorma parede, branquinha, por estrear... ui.

Master Of The Wind disse...

Diaz achei o texto simplesmente genial. E tive uma ideia, pq não abres mais um link no teu blog do género das tuas ilustrações e crias um para as ilustrações do mariachito. Era de génio.

Master Of The Wind disse...

Mas deixa-me que te diga que o meu afilhado já criou uma nova linha de design de tecidos para sofá. Com todas as cores inimagináveis. Quando nós pensamos que não é possível puxar mais pela imaginação... ora aí está ele com um novo desenho ;-)

educador disse...

largas o puto ali em campolide com umas latas de spray (no lidl tb há e é mais barato) e vais lá busca-lo ao fim do dia.
SOU UM GÉNIO!