quarta-feira, setembro 03, 2008

Porquoi Le Mariachi?

Parce que, quand les français "ont envahi" le nord du Mexique, ils invitaient toujours des musiciens locaux pour jouer à leurs MARIAGES. Quand quelqu'un demandait ¿dónde va usted tan bien vestido y guapito, pendejo? ils répondaient Voy a tocar la guitarra, bailar y cantar en un MARIACHI!!!

É em homenagem a este ignorado fenómeno histórico, ao Zorze que fez ânus ontem e, claro, a mim, que peço para repararem nesta bela peça que, sim senhor, inicia com um cavaquinho, depois contrabaixo, depois violinos de uma forma que, para leigos no assunto, pode ainda não ser um indício, mas que conta, no refrão, com uma MARIACHADA de trompetes, sem a qual ficaria TÃO MAIS POBRE!

9 comentários:

Zorze disse...

ohhhhhhhhhhhhhhhhhhhh, uma homenagem e Vincent Delerm... uau... tão booooooooooommmmmm, Vincent Delerm: TOPO!!! Já agora sugiro:

http://www.youtube.com/watch?v=K0esraF7k1E

Espalha Brasas disse...

Eu, que tenho mau gosto, digo: dá para calar o homem e ouvir só a parte instrumental? Ainda não me convenceste...

dIAZ disse...

É pena!

Por causa dessa tua AVERSÃO à 2ª língua mais musical e poética do Mundo, perdes coisas muito boas... Para além dos clássicos, ficas também sem os Vive La Fête, os Zita Swoon, a Charlotte Gainsbourg (faz muitas vozes dos Air), e tantos, TANTOS outros...

E Paris nunca poderá ter, para ti, nem no Quartier Latin, o seu encanto tão próprio!

Nem o Marquis de Sade

1entre1000's disse...

pronttsssssssssshhhhhhhhh agoar ninguem segura o ego do alienado... breve faço anos comé? há impressorequisições para homenagens?!?!? mando meld ou ómilho-me aqui a frente de todos a pedinchar uma posta de pescada do Sr. das letras?!?!?!
Como? já fui homenageada por aqui? Eu sei! mas prontssshhh eterna insatisfeita são os meus nomes do meio.... e o zorze ja teve miles de homenagens aqui miles! é um mimalho é o que é!!! Shiuuuuuuuuu... vem ai o alienado...
- Olá Zorze, merecida homenagem, hein? Tava aqui a comentar com a malta que 30 que fossem não seriam suficientes... palavra de honra desta tua sempre fiel e sincera friend miles maria!

(ja tinha digitado uma treta deste genero mas o blogger baldou-se e não publicou, pppppppppffffffff nada nem ninguém me dá viva voz, mas eu sou obstinada!)

Espalha Brasas disse...

Uma coisa é ouvir música em francês, outra é ver filmes, ler e ouvir falar francês. São coisas MUITO diferentes.

Zorze disse...

Pascal Obispo, Francis Cabrel, Michel Sardou, Serge Gainsbourg, Patricia Kaas, Sinclair, Jacques Brel, Edith Piaf... e só assim de cabeça estes grandes...

Anónimo disse...

uma coisa é certa!
Nunca ouviram falar de um super-herói, ou viram uma figura de homem viril que falasse francês, certo?
Que língua mais panasca! Porra!

E mais... Se quiserem ficar uma pilha de nervos oiçam os comentários, por exemplo, de uma corrida de motas em francês – é de cortar os pulsos. São uns histéricos com aquela vozinha esganiçada.

El Mariachi disse...

Claro, claro, anónimo... chato é haver gajos como o Paulo Portas a falarem tão bem uma língua tão MACHA como o português.

Assim como é chato que, apesar de eles serem panascas, terem as gajas que fazem as melhores felações da Europa (dados estatísticos e, logo, científicos), enquanto nós ficamos com as senhoras que, durante o inverno, deixam a mata propagar-se até às virilhas e, mesmo de Verão, não nos livram de um esporádico "hoje não vamos à praia porque não fiz a depilação".
E não é isso que me irrita! É o facto de, ainda por cima, serem as mais "difíceis" porque são, convenhamos, um bocadinho pedantes. Não há portuguesa a quem não se peça lume que não faça logo aquela cara do "olha, olha, lume... tu queres-me é comer à bruta, por trás e a puxar-me o cabelo enquanto me segredas ao ouvido - Gostas assim, puta"?

Valha-nos o facto de, depois de transposta essa "barreira" e uma vez chegada a altura do forró-bodó, só não vale arrancar olhos. E a quem me vier com a conversa do "As brasileiras (ou, aqui para este caso, as francesas) fazem coisas que as tugas não fazem", tenho novidades: A tua tuga anda a fazê-lo, e bem pior (ou melhor, portanto), noutro sítio qualquer!
E vai-se a ver, com um francês, que nem sequer tomam banho todos os dias!

zez disse...

super-heróis a falar francês???? foda-se... então o Batman veste-se de licra, vive e trabalha com o Robin e não quer saber de gajas para nada... mas só porque fala inglês é cá um machão, ui ui...