terça-feira, dezembro 23, 2008

Um Adeus Português ao Natal...

Deve ser muito triste ser-se católico.
Não perceber que se celebra a hipocrisia quando é preciso uma desculpa para juntar a família num jantar, trocando presentes que têm hora e local marcado para a entrega!

22 comentários:

BlueAngel disse...

Ser católico não é só isso. Sou católica e reúno-me com a minha família várias vezes por ano sem hora marcada e de forma espontânea. Não julgues o todo pela parte, é sempre errado, sempre. Bom Natal e um óptimo 2009!!!

Gugu disse...

Tinha aqui um livro de recibos verdes novinho em folha para te oferecer, agora, chapéu! Com esse discurso, daqui, não levas nada!

Feliz Natal.
Valha-te Deus!

Zorze disse...

Diaz, tire de seu coração sua raiva, não lhe vale de nada: seja feliz de verdade!!!

Master Of The Wind disse...

Existem cenas que devias escrever mais com o coração e menos com a cabeça dos dedos. Ainda mais agora que tens um puto. O jantar com a família e a troca de presentes pouco tem a ver com o ser-se católico. Pois não creio que na biblia diga "Sentem-se e jantem juntos e troquem presentes à meia-noite". Agora se me falares em natais consumistas... por aí já pode ser.
Mas goza a vida miudo, antes que ela te goze a ti.

zez disse...

"É aproveitar enquanto nos podemos juntar todos nesta altura..."
Este é o cliché que ofereço a todos os leitores do blogue do Diaz!

;)

Puto, um grand'a natalzorro para ti, para a tua miúda e para o teu pequenito!!!

Zorze disse...

lolada, muito bom Zez!!!

Agora é a minha vez:

"Tudo de bom..."

Que tal?

zez disse...

"Tristezas não pagam dívidas"

E esta?

Zorze disse...

"É importante sabermos ouvir o nosso eu interior"

zez disse...

"O que peço nesta altura é saúdinha da boa para mim mas sobretudo para os meus! Que nunca me faltem nas horas difíceis"

Zorze disse...

"Queria que todas as crianças deste mundo tivessem um presente e que acabassem as guerras"

zez disse...

"Que os Homens façam a guerra em privado e demonstrem carinho em público"

Zorze disse...

"Em vez das balas de fogo vamos antes espalhar em nossos corpos beijos de amor"

zez disse...

"Que nos possamos dar o corpo às rajadas de ternura!"

Zorze disse...

"Que os gritos de desespero se tornem em belas melodias natalícias..."

zez disse...

"Nesta época, que o carinho seja como uma calda de chocolate que cobre a base de bolo de fécula de batata dos nossos corações"

Zorze disse...

"Que o bacalhau não seja o da Noruega mas sim o bacalhau da ternura!"

zez disse...

"Que se polvilhem as rabanadas com açúcar de afecto e se recheiem as azevias com doce de grão de esperança"

Zorze disse...

"Que se reguem as couves com azeite virgem do afecto e vinagre de vinho de casta felicidade"

zez disse...

"Que a fava do bolo-rei parta os nossos dentes em mil pedacinhos de carinho"

Zorze disse...

"A paz que desejo a mim desejo a todos aqueles que queiram beijar os pés do menino-jesus"

Espalha Brasas disse...

Ainda bem que decidiram expressar os vossos votos de Natal aqui e não em rajadas de e-mails! Esta é a minha mensage de Natal.

Master Of The Wind disse...

Não sejas desagradável Espalha Brasas, pois às vezes tb participas. Mas queria vos desejar a tds um Feliz Natal, junto daqueles que mais amam, seja família ou não, com saude que é o mais importante. A quem tem putos, nada melhor que ver a felicidade de uma criança a abrir os presentes.

Abraço a todos