segunda-feira, julho 14, 2008

Preconceito - Redefinição

Um preconceito é um conceito que já o era antes de o ser.
Daí o prefixo "pre".
Ou seja, quando antes de termos provas de que algo ou alguém servem determinado conceito, já o desenvolvemos por forma a ser uma das certezas com que convivemos.
Não é o meu caso.
Agradeço aos meus pais ter vivido, sempre, do Lado Certo, o que me deu acesso a muitas experiências de vida que resultaram em concepções insusceptíveis de serem moldadas (ou toldadas) por noticiários, opiniões contrárias (por muito que consubstancializadas pela mais credível das teorias) e, muito menos, estudos e sondagens das universidades disto e daquilo!
Assim...
...não sei nada de concreto sobre os acontecimentos de Loures.
Ouvi dizer apenas que eram ciganos contra pretos.
E, graças a 33 anos de convivência saudável com muitas, muitas culturas, esta parca informação é quanto me baste para declarar, com toda a certeza do mundo:
A culpa é dos CIGANOS!

9 comentários:

1entre1000's disse...

não quero falar nesta situação particular mas eu "particularmente" tenho MEDO de ciganos, e sim tenho uma explicação que remonta aos meus 6/7 anos de idade mas tenho vergonha de contar... o certo é que e marcaram negativamente e desde então nunca nada fizeram directa ou indirectamente para que eu mudasse este estupor de medo que tenho deles...

El Mariachi disse...

Mataram e esfolaram um gato do lado de lá da vedação da tua escola preparatória? Depois sacaram-lhe os olhos para fora e penduraram-no na mesma vedação, como troféu macabro de um comportamento recorrentemente animal?
Ou talvez tenhas ouvido, na mata de sobreiros por trás da tua casa, os guinchos aterradores de ouriços caixeiros que ardiam, vivos, sobre as brasas e fogueiras, porque matá-lo primeiro dá muito trabalho?
Ou já viste 3.452 vezes o marido a trazer a mulher para a rua para bater-lhe com o cinto em frente a todos os vizinhos e, assim, vexá-la, apenas porque ela chegou tarde da feira e não tinha o jantar pronto?
Ou já ouviste, pelos teus próprios ouvidos, o incitar à escaramuça dirigido aos juvenis, para além do ambiente extremamente hostil e latentemente violento em que essas crianças vivem, tendo, obrigatoriamente, que espelhar tudo isso quando tiverem mais uns aninhos (não muitos)???

Podia ser que sim. Mas acho que deve ter sido uma das outras 932 coisas possíveis, para as quais não há aqui espaço.

1entre1000's disse...

nenhuma das tuas possibilidades esta correcta... qq uma delas me poderia causar repulsa pelos ditos, mas eu tenho medo mesmo! Fizeram-me mal, sei que podia recorrer à velha historia do blablabla não paga o justo eplo pecador patati patata, mas comigo PAGA, pagam todos! Tenho medo afasto-me, ainda q de forma dissimulada, sou capaz de uma caricia no rosto duma das crianças mas mais que isso seria ter que me acorrentar em praça publica e obrigar-me mesmo...
Tenho poucos medos, e o aos ciganos é um desses poucos, e ainda por cima justificado!
Quanto ao meu medo arrepiante pelo circo é completamente injustificável mas tenho, tenho um medo de repulsa de vómito mesmo só de passar perto... bom eu tb não sou muito normal mas isso já seriam outras linhas de conversa...

El Mariachi disse...

um dia, um dia...

Pedro disse...

A mim roubaram-me uma bisnaga num dia de Carnaval, para aí em 86'
Sim, de acordo, a culpa é dos ciganos. Dos ciganos e do Pinto da Costa, mas isso é uma redundância. Ah, e do Bush também!

El Mariachi disse...

Olhó Pedro... tás bom, pá??? Já lá vai um tempinho, não?

...e do Fócrates, também.
a culpa, that is...

paulo disse...

a culpa é da UEFA...

rosa disse...

eu gosto dos ciganos e da ciganice. das girafas também.

Tiago disse...

http://jn.sapo.pt/Opiniao/default.aspx?opiniao=M%E1rio%20Crespo


ZAN