terça-feira, julho 22, 2008

Não, não ando desactualizado...

...só ainda não consegui arranjar palavras para caracterizar o Með suð í eyrum við spilum endalaust.

E daí...

Abençoados vós, de ouvidos abertos desde o Ágætis byrjun, que aguentaram alguns devaneios mais popísticos, com enchentes no Coliseu. A espera foi compensada!

4 comentários:

Zorze disse...

"...só ainda não consegui arranjar palavras", dizes... um dó-li-tá, quem está livre, livre está...

1entre1000's disse...

popzisses àparte... eu sei é que neste eles conseguem (continuam a conseguir) deixar-me sem folego e quase de lágrimas rasantes, (dependendo do estado sufocantóhormonal, sim porque eu sou mulher tenho destas tretas) especialmente com a "Festival" (f*****, pi de música pa!) e a Ára bátur, deixam-m de peito aberto! Deixam... qual antiga "Samskeyti", e nesta sim choro, choro feliz mas choro, e saio fora de mim e levanto vôo...
mas olha na volta sou eu que quando gosto sou permissiva, gosto deles e permito-lhes tudo (ou quase tudo) abraço-os, anseio novidades, dou-lhes colo... aquelas fitas que já descrevi por aqui.
E quando digo "quase tudo" vem-me à ideia, assim de repente, os morcheeba a quem deixei de permitir o que quer q fosse enfraqueceram Muito, e tive que os anular ali num a qq gaveta cheia de mofo, and move on!
Xiiiiiiiiiiiiiiiiii... ja me estiquei? Pois já! Fui...

El Mariachi disse...

Miles... I've got news 4 you...

It's not a women's thing, believe me

Vemo-nos no concerto, suponho... até porque vou convencer o Jorge.
E a organização a levar o Mariachito... o miúdo tem uma coisa com eles desde que estava no conforto amniótico...

Zorze disse...

Conforto amniótico é bonito; e, assim do nada, uma mão a banhá-lo na secura do mundo exterior.