sexta-feira, outubro 24, 2008

Petição anti-Petição on-line BAIRRO ALTO

Exm.º Sr. Presidente da Câmara de Lisboa,
É com muito agrado que acolho a medida que visa encerrar os estabelecimentos de diversão nocturna no Bairro Alto às 02h.
Percebo a sua revolta.
Explico a minha.
No Tempo do Bairro Alto (Fins de 80/todos os 90), também havia descontentamento dos moradores. Não poucas vezes levei, eu e os meus amigos, com baldes de água. Que caíam das janelas, num silêncio traiçoeiro, sempre no inverno ou aquando da feitura da última ganza. O que, parecendo que não, é chato! Porque ainda nos esperava toda uma rua do Alecrim, o Barco das 6h45 e o autocarro em Cacilhas.
Nesses tempos, de cada vez que o Bairro ameaçava "morrer" na sua essência, o que acabou por ocorrer nos últimos cinco anos, melhorava, só para chatear.
Foram as Docas, que serviram de íman à bimbalhada. Durante os três anos que se seguiram, o Bairro foi, na verdade, aquilo a que hoje aspira. Um sítio único. A inveja das outras capitais Europeias, mergulhadas num marasmo mainstream. O Bairro tinha o Captain Kirk, por dEUS.
Depois, a Expo. Eles vinham de Santa Comba Dão, das periferias de Paris em autocarros com a bandeira nacional no vidro traseiro. Vinham, também, do Lumiar. Engarrafamentos de gente faminta de Daniela Mercury na Praça Sony. O Bairro, esse, brilhava. Um chá e roupa usada na Outra Face da Lua, enquanto a noite caía. Depois, logo se veria.
Pouco tempo depois, o Lux. Foi o princípio do fim. Porque o Lux também morreu. E o Bairro tornou-se "o que há". Nada de pior podia ter acontecido. Ou sim. Talvez o facto de, inacreditavelmente, os frequentadores do bairro de hoje acharem que ainda é cool. Só duas coisas podem justificar este tipo de pensamento:
1 - Ignorância. Porque desconhecem, por esta Europa fora, o que é REALMENTE cool.
2 - Ignorância. Não conheceram o Bairro quando este era, REALMENTE, Primus Inter Pares.
E foi esta gente que assassinou um dos melhores sítios do mundo. Arribaram às resmas, novos, universitários. Conheci-os aos magotes. Elas nem sabiam que, aqui, já se fazia depilação. Vinham de Amarante e Fafe, deslumbravam-se com um ambiente que, contudo, já definhava, e usavam o dinheiro que os pais desviaram das suas fábricas de calçado e artigos têxtil para ROUBAREM as casas aos Lisboetas AUTÊNTICOS (sim, os sacanas que mandavam baldes de água pelas janelas). Esqueceram-se que, contudo, todos envelhecemos. E essa gente que era munta cool e julgava os outros pelos penteados e indumentária tornaram-se pantufas, fizeram filhos e, agora, o ruído dos bares e das gentes "faz-lhes confusão". E vai de fazer petições atrás de petições.
Conseguiram.
Bem feito!
A todos os que estragaram o Bairro, os meus parabéns.
A todos os que me chamaram ISTO E AQUILO por não suportar ver, nestes últimos anos, a parada de saloios que tanto poderiam estar ali como na Day After viseense, ergo-vos os copos.
Mas de plástico, claro.
E só até às 2 da manhã.
Com o devido respeito, FODAM-SE!

25 comentários:

Zorze disse...

Olha lá como falas do pessoal de Fafe: "Com Fafe ninguém Fanfe". As minhas primas, que mui gosto, são daquela cidade!

El Mariachi disse...

e depilam-se???

Zorze disse...

Sim e cheiram bem da cona!

Zorze disse...

Não as minhas primas, que não sei... tou a dizer as universitárias de Fafe...

simone disse...

Zorze sabes o que diz a sabedoria popular sobre as primas, não sabes?! I REST MY CASE! Porco! Nem a familia se respeita....
Quanto ao BA, desculpa Nuno, mas nunca curti! Nem nos 80, nem nos 90, nem nos 00...
Ainda gostas de mim assim?

Anónimo disse...

Simone- Eu gosto de ti amiga!
Zorze- uma vez mais, "maluquinho dos cornos"
Diaz- Who cares?
Freaky

Zorze disse...

Freaky - Vê lá se queres problemas...

Zorze disse...

Simone - *

Zorze disse...

Diaz - Afaga-me os túbaros rosados!

simone disse...

Zorze - Túbaros rosados? freaky!!!!
Freaky - Não era contigo...like you also!

Zorze disse...

Simone - lol! Rosados, rosados, não! *
Freaky - És menina? Não respondes? *

rosa disse...

já levei com um vaso(com terra e coisas verdes plantadas) a 5 mm do meu nariz.

e até 'tava sossogadita, por acaso.

Anónimo disse...

Zorze- Vê lá se queres tirar mais uma hérnia!
Simone -bem sei que não era comigo, mas fiquei saudosista, tá?! E gosto de ti!
Diaz- Still who cares!! Brinco, os sítios valem sempre pelas pessoas!
Freaky

simone disse...

Freaky, lobe, quando disse o "não é contigo" referia-me a ter usado o teu nick para os tubaros rosados do Zorze!!! Saudades!

Anónimo disse...

Simone- LOL (obrigado pelo esclarecimento babe Simon, sabes que este neurónio de manicure já não é o que era)
Freaky

Anónimo disse...

Alguém falou em Hérnias??

Freaky- Mai nada, as pessoas é que fazem a diferença

Ó Mariachi!!!!????- Então onde é que vossemecê acha que fica a puta da galhofeira?? É que o pessoal nem se diverte nem nada, em lado nenhum, enquanto não disseres onde é k tá a dar...?
O que tá a dar é- just nice people around...

Tóne

dIAZ disse...

Tóne! Eu vou a TODO o lado desde que não imagine que as pessoas que estão a falar comigo têm os tomates rosados!
E sim, vou ao Bairro, pelas pessoas, mais do que as minhas finanças permitem. Antigamente, ia ao Bairro SOZINHO porque, DE CERTEZA, estavam lá AS pessoas, num sítio que era, pelo ambiente que ESSAS pessoas causavam, um sítio diferente. Hoje vou ao Bairro porque continuam a lá estar ALGUMAS PESSOAS num sítio completamente descaracterizado!!! dEUS queira que as Azenhas não venham a albergar um hotel de 10 andares com um bar de hip-hop no rés-do-chão, um rodízio ao lado e uma discoteca onde o "I Want To Break Free", dos Queen, abre sempre a pista! Talvez nesse dia percebas o que eu quero dizer, ao invés de achares que só critico por criticar...

Anónimo disse...

Xaval,

Tens de ser democrático...
TODOS TÊM O DIREITO DE SE DIVERTIR, COM OU SEM O FREDDY MERCURY ( O indiano).
Temos muito a aprender com as pessoas em geral, ajuda-nos a valorizar as nossas escolhas.

TÓNE

Anónimo disse...

Xaval,

Tens de ser democrático...
TODOS TÊM O DIREITO DE SE DIVERTIR, COM OU SEM O FREDDY MERCURY ( O indiano).
Temos muito a aprender com as pessoas em geral, ajuda-nos a valorizar as nossas escolhas.

TÓNE

El Mariachi disse...

Duas vezes
PIM!

Kaui disse...

Mas o Freddy não era egípcio?! Estou tão confusa...

Master Of The Wind disse...

Gosto desta preocupação dos bares fecharem às duas da manhã, quando tu ou não apareces ou dás ao baza antes da uma. Mas como foste tu que inventaste o Bairro Alto devias fazer uma petição para aquilo voltar a ser aquilo que inventaste.

El Mariachi disse...

Não sei de onde é que o Freddy era. Sei que apanhava no cu. Ponto.
E, ao que se sabe, fazia-o sempre depois da 1 da manhã.
É por isso que eu fujo.
Não vá o Diabo tecê-las.
E o Master of the Wind é peludo, ainda por cima. Só lhe falta o bigode!

Anónimo disse...

Indiano. O Freddy era Indiano.
Freaky

Anónimo disse...

e aguá com lixivia a foder a roupa toda e a ganza (foi aí que começei nos quimicos) vindo sabe-se lá de onde... e ruas sem luz e a cheirar a pão com chouriço e não mijo

ZAN