segunda-feira, fevereiro 11, 2008

Um dia...

...há-de ser o dia
em que eu
falarei do dia em que ela morreu
um dia cinzento
como eu
que restou do luminoso dia
que
enfim
nasceu...

2 comentários:

espalha brasas disse...

Uma pessoa a curtir este sol e fazer preces ao S. Pedro para isto se manter assim por muitos e muitos dias e este gajo a falar em dias cinzentos. Arre, que agoirento!

Anónimo disse...

Amanhã e dps...NUBLADO!!

Tóne...na borda d´água.

;)